Home / Blog / Dicas para freelancer: 8 boas práticas para obter sucesso nessa carreira

Dicas para freelancer: 8 boas práticas para obter sucesso nessa carreira

Confira 8 valiosas dicas para freelancer e saiba o que fazer para ser bem-sucedido nessa carreira e conquistar mais clientes.

Sem tempo para ler? Que tal ouvir esse texto? Clique no play e ouça a matéria:


Trabalhar por conta própria, fazer os próprios horários, determinar o próprio salário, ter maior controle criativo. Esses são apenas alguns dos motivos que fazem com que muitas pessoas optem pela carreira de freelancer.

Na verdade, umas por opção e outras por necessidade, tendo em vista a atual situação econômica do país refletida no alto índice de desemprego - mais de 12 milhões de pessoas.

Se você pretende entrar nessa modalidade de trabalho ou se se já atua com freelas e quer melhorar o seu desempenho, então você clicou no artigo certo.

Elaboramos este artigo com 8 valiosas dicas para freelancer. Continue a leitura e saiba quais boas práticas seguir para alcançar melhores resultados nessa jornada.

Leia também: Como ser freelancer na internet e dizer tchau para seu patrão!

8 dicas para freelancer

1. Planeje-se financeiramente

Iniciando a nossa lista de dicas para freelancer, temos o planejamento financeiro.

Geralmente, quem atua como freelancer não possui um salário fixo. Por isso, é de extrema importância saber se planejar financeiramente para não passar dificuldades nos meses em que as demandas estiverem mais baixas.

Coloque no papel todas suas despesas e não deixe de poupar dinheiro sempre que possível para possíveis emergências.

2. Saiba precificar o seu tempo

Tempo é dinheiro. Sendo assim, quanto custa a sua hora de trabalho? Ter isso em mente será fundamental na hora de você fazer o orçamento para os seus clientes.

Para chegar a um valor, faça uma pesquisa de mercado e procure saber quanto outros freelancers costumam cobrar para prestar um serviço semelhante ao seu. Coloque na balança também seus diferenciais (cursos, experiência, etc) e pense também em quanto seus potenciais clientes estariam dispostos a pagar.

Estabelecer um piso, ou seja, o valor mínimo que você não negocia, é essencial para que você não se desvalorize e possa ter bons rendimentos.

3. Atente-se ao pagamento de impostos

Quem atua como freelancer tem a possibilidade de se formalizar. Para isso, ele pode se tornar um Microempreendedor Individual (MEI) e começar a usufruir das dores e delícias da formalização.

“Dores” porque você passará a contribuir com alguns impostos para o governo e terá de declarar sua renda todo ano para a Receita Federal, dependendo dos seus rendimentos.

“Delícias” porque, dentre os tributos pagos, tem a porcentagem destinada ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS); o que é bom, já que você não terá a sua carteira de trabalho assinada, mas poderá ter acesso aos direitos de um trabalhador comum, como aposentadoria, licença a maternidade, auxílio-doença, etc.

4. Organize seu ambiente de trabalho

Para que você possa ter um bom desempenho como freelancer, é importante que você tenha um ambiente de trabalho organizado, seja em home office ou em espaços de coworking.

Se você trabalha em casa, tome cuidado para não misturar as coisas de trabalho com as de casa.

Separe um cômodo ou um espaço para ser seu escritório. Compre mobiliário e materiais adequados para o exercício da sua função. Guarde os documentos relacionados a trabalho em pastas específicas, organizadas por data ou por cliente, por exemplo.

Veja estas dicas de home office, da Siteware, para quem trabalha e casa:


5. Estabeleça metas diárias

Procure definir metas diárias para o seu trabalho. Lembre-se de que, quanto mais você conseguir entregar, mais dinheiro você poderá receber no final do mês.

Evite deixar para fazer no domingo o que você deveria ter feito no decorrer da semana, pois isso coloca em risco a qualidade final da entrega.

6. Estabeleça uma rotina de trabalho

Uma rotina de trabalho bem definida pode impactar positivamente na sua produtividade. Enquanto freelancer, você ainda tem a vantagem de poder gerenciar seu próprio tempo e fazer os seus horários.

Estabeleça uma hora para começar e uma hora para terminar sua jornada de trabalho diário. E não se esqueça das pausas durante o dia para almoço, lanche e aquele cafezinho.

7. Invista em Marketing Pessoal

Quem trabalha como freelancer precisa saber vender seu peixe. Por isso, invista em Marketing Pessoal para poder divulgar o seu trabalho.

Marque presença nas redes sociais, faça posts e links patrocinados, crie um site com portfólio atualizado, confeccione cartões de visita e distribua sempre que for pertinente, participe de eventos relacionados a sua área de atuação e faça networking.

Tudo isso vai ajudar na criação e fortalecimento da sua marca.

8. Promova um bom relacionamento com seus clientes

Encerrando as nossas dicas para freelancer, temos o Relacionamento, que é um dos pilares para um negócio bem-sucedido. Nesse sentido, é fundamental que você saiba se relacionar com a sua base de clientes.

Procure entender suas necessidades para oferecer as melhores soluções. Faça com que eles se sintam especiais. Procure estabelecer uma relação de confiança e tenha a satisfação do cliente como um dos seus objetivos principais.

Assim, ele não só vai te contratar novamente para futuros projetos como também indicará os seus serviços para outras pessoas.

O que achou das nossas 8 dicas para freelancer? Coloque-as em prática e obtenha um excelente desempenho no seu trabalho.

Saiba mais: Como trabalhar como PJ: passo a passo prático e objetivo

E se você quer fazer um bom planejamento para seu sonho de se tornar um empreendedor individual decolar, utilize nossa ferramenta gratuita: O Canvas de Planejamento de Negócios!

Equipe Qipu

Oct/21/2019

Contabilidade Online , Contabilidade Online Qipu , Contbilidade Simples Nacional , Simples Nacional , Microempreendedor Indivdual , MEI , Freelancer

Compartilhe

Facebook Twitter Linkedin Google+

Não deixe de ler também

BAIXE GRÁTIS O APLICATIVO | Ou acesse a versão web